blog.

Quer persuadir em seus conteúdos e converter, de vez, leads em clientes? Então conheça a estratégia de AIDA!

Postado por Martinez Comunicação  |  22/09/2020

Você já ouviu falar em AIDA? A sigla significa: Atração, Interesse, Desejo e Ação. Neste artigo, você vai aprender como usar esse método infalível nas suas estratégias de vendas, despertando a atenção do seu avatar e o transformando em cliente. Se liga!

 

1. O que é AIDA?

AIDA é um método que tem como objetivo guiar o consumidor de maneira satisfatória no funil de vendas. Assim como quase toda estratégia de venda, o AIDA considera os desejos e problemas do avatar, a fim de gerar uma identificação e, posteriormente, uma retenção dele no conteúdo, até chegar ao objetivo final: convertê-lo em cliente.

Dessa forma, podemos dizer que essa técnica é baseada na Jornada de Compra do consumidor, logo, tem como objetivo, transformar o avatar visitante em lead e, posteriormente, em cliente.

 

2. Onde usar o AIDA?

Você deve estar se perguntando, mas onde eu uso um AIDA?

O AIDA é utilizado nas mais variadas copys – estratégias de persuasão – seja em textos de blog, vídeos de propaganda, anúncio, etc.

Sempre que o seu objetivo for captar a atenção do usuário e fazer toma-lo uma ação no final – não necessariamente essa ação precisa ser uma compra, pode ser entrar no seu site, ler o seu texto completo, etc – você deve usar o AIDA.

 

3. Como aplicar esse método?

Existem várias formas de aplicar o AIDA, isso vai depender do formato da sua copy e do seu objetivo.

 

  • Em chamadas/títulos

Se você está fazendo um anúncio com uma arte no Facebook, seu objetivo é convencer o avatar, com uma única frase, a clicar no seu anúncio e conhecer o seu produto/serviço. Logo, nesse caso, o AIDA será aplicado em uma chamada curta e persuasiva. Seu objetivo aqui é despertar a atenção, interesse e desejo do usuário em uma única frase, fazendo ele tomar a ação de clicar no seu anúncio e conhecer o seu serviço.

 

  • No próprio conteúdo

Mas assim como todo processo de jornada de compra, seu trabalho não termina depois que o usuário chegou ao seu site. Depois de ter clicado no seu anúncio, você precisa convencer o seu avatar a permanecer no seu site e se tornar um lead – isso acontece quando ele preenche algum formulário ou deixa algum contato que demonstre que ele teve interesse no seu negócio – e, por fim, converter esse lead em cliente (realizando a venda).

Portanto, o método AIDA não é utilizado somente em chamadas, mas também no próprio conteúdo, seja um texto em um blog, um vídeo no youtube, etc.

Se você faz um título bem chamativo com a técnica do AIDA, por exemplo, e consegue levar o avatar para o seu site, ótimo, porém agora, dentro do seu blog, você precisa dar continuidade a essa estratégia e fazer ele acompanhar o conteúdo até o final. A mesma coisa vale para vídeos. As vezes um título poderoso nos chama a atenção no youtube, por exemplo, mas quando a gente clica, percebemos que o conteúdo não cumpre aquilo que foi prometido no título e a gente perde o interesse.

Isso é muito comum, por isso é fundamental saber estruturar boas copys do início ao fim do seu conteúdo e “aquecer” o seu lead o máximo possível, até fazer ele tomar uma ação.

 

4. Como fazer boas AIDA’s?

Ainda tá em dúvida de como aplicar essa estratégia? Darei alguns exemplos que te farão enxergar melhor o uso da AIDA.

Como dissemos, o objetivo da AIDA é gerar Atração, Interesse, Desejo e Ação ao avatar – usuário que pode se tornar seu cliente. Ou seja, cada etapa apresenta objetivos diferentes, portanto, as estratégias utilizadas em cada uma delas também serão diferentes. Se liga!

 

  • Em textos

A – Atração/Atenção: Nessa etapa, como o próprio nome diz, o objetivo é captar a atenção do avatar e atrair ele para o seu conteúdo.

A melhor forma de fazer isso é solucionando um problema do seu avatar.

Assim como em toda estratégia de marketing, na AIDA também é imprescindível conhecer o seu público.

Por exemplo, no meu caso, estou escrevendo em um blog de marketing digital, logo, o meu público são profissionais que querem devolver seus negócios, suas vendas e etc. Qual é o problema dessas pessoas? Muitas não têm uma equipe de marketing na empresa, portanto, eles não têm conhecimento das estratégias necessárias para desenvolver uma marca na internet e obter sucesso. Como eu posso ajuda-los? Oferecendo conteúdo gratuito de marketing aqui no blog.

Mas de que forma eu trago essas pessoas para o blog? Através de uma boa chamada que mostre a solução logo de cara.

Ex: Como vender mais? Conheça a maior técnica de conversão de leads em clientes para a sua empresa

Perceba que eu comecei o título com uma pergunta bem atrativa, coloquei logo de cara a maior “dor” do meu público que é ter dificuldade em vender. Logo, todos aqueles que apresentam esse problema, vão se identificar com a pergunta e vão ler o resto do título.

Ok, já captamos a atenção do leitor, agora vem a segunda parte: como gerar INTERESSE no meu conteúdo?

 

I – Interesse: O interesse, geralmente vem de uma promessa.

Quando você apresenta algo novo, diferente, que promete tirar a “dor” do seu avatar, provavelmente ele ficará interessado. Quando eu digo que vou apresentar “a maior técnica” para determinado objetivo, isso, com certeza, chama a atenção do usuário.

Mas só interesse não é suficiente para fazer o leitor consumir meu conteúdo, é preciso que ele deseje aquilo

 

D – Desejo: Para despertar o desejo, obviamente, precisamos oferecer aquilo que nosso público mais quer. Nesse caso, o que o meu público mais busca são clientes! Essa é a maior dificuldade do meu avatar, portanto, quando eu digo que vou apresentar uma técnica que converte leads em clientes, sem dúvidas, ele vai desejar conhecer essa técnica, pois é algo que soluciona o seu problema.

 

A - Ação: Com essas três etapas bem desenvolvidas conseguimos caminhar para a ação e fazer o avatar clicar no site.

A partir do momento que ele clica no link e cai no meu blog, ele se tornou um visitante, o objetivo agora é torna-lo um lead, para isso, preciso retê-lo aqui no site, fazer ele ler o texto completo e baixar o e-book que deixei no final para coletar seus dados e transforma-lo em um lead.

Nesse caso, quando o leitor já está no meu site, eu não preciso mais fazer chamadas atrativas, pois já tenho a atenção dele. O que preciso agora é mostrar como ele vai ter acesso àquele resultado que prometi no título.

Se na chamada, eu prometi que mostraria uma técnica para converter leads em clientes, agora, dentro do site, preciso apresentar que técnica é essa. Por isso, é importante fazer uma chamada e uma pequena introdução mostrando o que exatamente o leitor vai encontrar naquele conteúdo.

Depois disso, se o texto for bem desenvolvido, com tópicos, conteúdo de valor e tudo que proporcione uma excelente experiência ao leitor, sem dúvidas, o site ganhará autoridade para ele e ele irá confiar na empresa a ponto de baixar um e-book ou se inscrever em uma newsletter para receber mais conteúdos, por exemplo. Se isso acontecer, captamos um lead!

 

  • Em vídeo

Todas essas dicas funcionam não só em texto, mas também em vídeos. Um bom vídeo, persuasivo, que gera conversão, passa por todas as etapas do AIDA.

Um bom produtor, sempre irá começar o vídeo com uma frase de impacto, que chame a atenção do público e gere uma identificação com ele.

Vamos pensar em um cursinho pré-vestibular que oferece aulas online. Uma boa forma de começar um vídeo de anúncio seria:

Ex: Ei, você vestibulando, você mesmo que ta aí tendo que se virar com simulados online, vídeo-aulas de péssima qualidade, professor que não está disponível na hora que você precisa....é, eu sei, ta difícil estudar nessa quarentena.

Esse tipo de introdução chama a atenção das pessoas que estão vivendo aquele problema. Como já foi dito, para atrair a atenção do avatar, precisamos ir direto na sua dor. E ao apontar todas essas dificuldades de estudar online, os estudantes que passam por isso, imediatamente vão se identificar e vão ficar naquele vídeo.

Na sequência, despertamos o interesse do usuário, com uma frase do tipo: “Eu tenho uma solução pra você. Se liga!”

Após essa frase, entra uma vinheta apresentando a empresa. E, posteriormente, você volta apresentando o conteúdo que vai gerar desejo nas pessoas.

Ex: “Aqui na escola “x” temos uma infraestrutura completa e capacitada para aulas online. Estúdios de gravação que permitem a melhor qualidade de áudio e vídeo, a fim de oferecer a melhor experiência pra você que ta em casa”. Ao falar tudo isso, são exibidos vídeos dos professores gravando aula com câmeras profissionais, microfones, refletor e todos equipamentos audiovisuais que provam para o público que aquela escola sabe trabalhar com qualidade, de forma online.

Na sequência, você continua falando as vantagens da escola: “E claro, sem contar o conteúdo excepcional ministrados por essa equipe 100% qualificada que já colocou muitos alunos dentro das melhores universidades do país”, junto com esse texto são exibidas imagens dos professores dando aulas e alunos aprovados.

Até aí, com certeza, você já despertou atenção, interesse e o desejo do aluno de estudar naquela escola. Agora, partimos para a ação com o CTA, que pode ser uma oferta:

Ex: “Ligue agora mesmo e faça sua matrícula em um preço promocional! Somente até o dia 30/09”

Ou somente um convite para conhecer o negócio: “Acesse nosso site e saiba mais”.

 

Enfim, poderíamos ficar aqui por horas dando exemplos de AIDA e boas copywrittings. Mas, para não me alongar, vou fechar esse texto com as 4 principais técnicas que você precisa dominar para aplicar as melhores AIDA’s e atrair o público para seu conteúdo, gerando mais vendas para o seu negócio:

 

1. Conheça o seu público.

Quanto mais você conhece o seu avatar – possível cliente – mais fácil fica criar estratégias persuasivas que prendam a sua atenção. Portanto, a primeira dica é conhecer o seu público e saber quais são suas “dores” e desejos.

 

2. Comece seu anúncio gerando identificação com o avatar

Depois de conhecer o seu público e saber quais são seus principais problemas e desejos, fica fácil criar uma conexão com ele. Comece seu anúncio – seja em texto, vídeo, etc – apresentando o problema do seu avatar (como fiz no exemplo do cursinho de pré-vestibular). Ao apresentar os problemas que o seu avatar vive ele irá se identificar logo de cara com o conteúdo e, provavelmente, vai continuar lendo aquele texto ou assistindo aquele vídeo.

 

3. Mostre os seus diferenciais

Depois de captar a atenção e o interesse do avatar, mostre os benefícios irresistíveis do seu negócio que vai fazer o público desejar ter aquilo. Trabalhe com os desejos inconscientes do consumidor, ofereça aquilo que ele não sabe que ele quer (status, por exemplo). Nessa etapa, você precisa vencer a concorrência e mostrar que o seu negócio possui características exclusivas que o colocam na frente dos demais.

 

4. Faça uma oferta irresistível

Finalize sua copy com um excelente CTA. Se seu objetivo for fazer uma oferta, ofereça um desconto, por exemplo, para quem comprar o seu produto/serviço em determinado prazo. Ou então um bônus: “Quem se matricular até o próximo dia 30, ganha de bônus, dois livros de literatura obrigatórios para a Fuvest”. Ou então, utilize a escassez para vender: “As matrículas encerram amanhã. Há poucas vagas. Corra e se inscreva agora mesmo”.

Trabalhar com desconto, bônus e escassez são excelentes formas de converter o lead em cliente. Você pode ainda oferecer uma garantia, por exemplo: “Se você comprar o curso e não gostar das aulas, pode cancelar em até 7 dias e receber todo seu dinheiro de volta”.

Ao fazer essas ofertas, o usuário tende a confiar mais no negócio e é motivado a fazer a compra.

 

Gostou das dicas? Então comece a aplicar agora mesmo a técnica de AIDA nos seus conteúdos e obtenha os resultados que sempre sonhou!

posts recentes.
Ação de Dia das Mulheres | Califórnia Pizzaria
25/03/2021
Marketing Médico: Paula Speranzini, CEO do Grupo Speranzini, é a entrevistada da semana
19/03/2021
Como o Marketing leva clientes para a Laundry, o app de lavanderia de Ribeirão Preto
05/03/2021
Martinez Comunicação lança podcast sobre marketing e empreendedorismo
08/02/2021
Porque as empresas NÃO CRESCEM
19/01/2021
por período.
AV ITATIAIA, 662 - RIBEIRÃO PRETO-SP | (16) 98110-8972 | (16) 3237-6797